logo ceped

Notícias

29/04/2015

Evento sobre cidades resilientes acontece em Curitiba

Desde a última segunda-feira (27), 48 pessoas estão reunidas participando da oficina sobre Resiliência e Redução do Risco no Ambiente Urbano: Desenvolvimento de Capacidades para a Construção de Cidades Resilientes. O curso é promovido pelo Escritório da Estratégia Internacional para a Redução de Desastres das Nações Unidas em conjunto com o Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres – CEPED/PR. É a primeira vez que um curso dessa natureza ocorre no país e, para isso, foram reunidos representantes de vários estados brasileiros como integrantes das Coordenadorias Estaduais de Proteção e Defesa Civil, dos Centros Universitários de Estudo e Pesquisa sobre Desastres, de municípios e das universidades, todos decididos a buscar mais conhecimento acerca da Campanha Cidades Resilientes e, principalmente sobre os dez passos essenciais que as cidades precisam adotar após aderirem à campanha. Os instrutores, Sanjaya Bathia e Armen Rostomyan vieram da sede do escritório da UNISDR sediado e Incheon, na Coreia do Sul, para ministrar o curso, com o apoio e na organização conjunta do Centro de Excelência para a Redução do Risco de Desastres, sediado na cidade do Rio de Janeiro e dirigido pelo Sr. David Stevens.

Para a 1º Tenente Aline Betânia Signorelli, da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Estado de São Paulo, o curso “enriqueceu bastante o conhecimento em redução de risco de desastres por meio dos conceitos e da apresentação dos indicadores utilizados pela ONU. Houve uma troca muito grande de experiências e boas práticas entre os representantes dos municípios, dos estados e da academia presentes. Ressalto que a dinâmica e a didática utilizadas pelos facilitadores durante o curso contribuiu para o sucesso do encontro.”

Já para o Sr. Armen Rostomyan, instrutor do curso, sobre a experiência de estar à frente da turma ao longo dos três dias, resume que “Foi muito boa pois o grupo possui vários representantes de diversas origens, representando instituições diferentes que possuem relação com a resiliência como os órgãos regionais de coordenação, os centros de pesquisa e integrantes das universidades. Foi importante para apresentar as ferramentas, a metodologia, os passos para a implementação, ao mesmo tempo, os participantes vieram com as suas experiências e boas práticas e puderam compartilhá-las com o grupo. Essa parceria como a que resultou nesse curso com o CEPED/PR foi muito importante e permanecemos à disposição para a disponibilização de materiais didáticos para apoiar de forma que o programa se expanda no Paraná e no Brasil.”

O curso se encerra nesta quarta-feira (29) com a presença do Coordenador Executivo de Proteção e Defesa Civil, Ten.-Cel. Edemilson de Barros e, na quinta-feira, os instrutores se reúnem com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil e com o CEPED/PR para a consolidação de uma estratégia que o Estado do Paraná deve adotar para proporcionar aos municípios condições de aderirem à campanha e conduzirem os passos de forma sustentável e permanente.

 

 

Fonte: CEPED/PR

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.