logo ceped

Notícias

15/12/2017

Curso prepara psicólogos e estudantes para atuarem em situações de emergências e desastres

Depois de Curitiba, Cascavel e Londrina, agora foi a vez de psicólogos e estudantes de psicologia de Maringá, no noroeste do Estado, de participarem do curso “Intervenção e Saúde Mental em Desastres”, desenvolvido pelo Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (CEPED/PR) em parceria com o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CCRP/PR), por meio da rede Temática em Psicologia e Saúde Mental em Desastres.

O objetivo dos cursos realizados em regiões diferentes do Paraná é capacitar profissionais da psicologia, principalmente os que atuam na rede pública de saúde do município e do Estado, a lidar com pessoas envolvidas em situações de emergências e desastres.

Nas quatro cidades, o curso ofereceu 20 horas de aulas presenciais e 10 horas à distância, de forma gratuita.

O material didático foi disponibilizado em dowload pelo site do CEPED/PR. A avaliação também foi online. O conteúdo e as metodologias de aprendizagem são desenvolvidos pelos gestores da Subrede Temática de Psicologia do Desastre, com o apoio técnico da Seção de Ensino e Extensão do CEPED/PR. A participação no curso é pré-requisito para formação de um grupo de voluntários.

Foram abordados temas como: a política nacional de proteção e defesa civil e a gestão integral de riscos e de desastres; a psicologia na gestão integral de riscos e desastres; o CEPED e a sua estrutura em rede; representações sociais, identidade e identificação; introdução a trauma individual a trauma coletivo; apoio psicossocial em desastres; luto coletivo; a gestão da saúde psicológica na Polícia Militar do Paraná e a atuação no pós-trauma dos profissionais de Segurança Pública e a atuação da psicologia em situações de desastres.

No curso realizado em Curitiba, foram aprovadas 54 pessoas. Em Cascavel, 21. A aprovação foi de 24 profissionais e estudantes no curso realizado em Londrina. Em Maringá, o curso “Intervenção e Saúde Mental em Desastres” aprovou 54 pessoas.

A cooperação técnica entre o Conselho Regional de Psicologia (CRP-PR) e o Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (CEPED/PR) teve início em junho de 2017.  A adesão à Redesastre (grupo formado por organizações que fomentam a pesquisa científica sobre o tema no Paraná) permite que o Conselho fiscalize e desenvolva ações realizadas pela Subrede, formada por professores e pesquisadores da área de saúde que orientam a participação de acadêmicos que exercem a prática profissional em psicologia comunitária e da saúde.

O Conselho Federal de Psicologia (CFP), por meio de nota técnica “Gestão Integral de Riscos e de Desastres” destaca a importância da psicologia se vincular às ações que visam reduzir os riscos da população em desastres socioambientais e tecnológicos, assim como reforça o desenvolvimento de planos para a saúde mental e atenção psicossocial.

Para o capitão Eduardo Pinheiro, chefe do CEPED/PR, a parceria com o CRP/PR “garantirá o cumprimento dos procedimentos éticos estipulados na legislação. Desta forma, o trabalho realizado pelos profissionais de saúde terá o amparo institucional da entidade”, diz.


Por Sara Carvalho, Assessoria de Comunicação CEPED/PR

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.