logo ceped

Notícias

08/05/2018

Portal CEPED/PR divulga projetos e artigos desenvolvidos por pesquisadores/bolsistas

A partir de agora, artigos e projetos que vêm sendo desenvolvidos por pesquisadores bolsistas mantidos com recursos da Sanepar e da Fundação Araucária, vão ser publicados no portal do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (CEPED/PR), órgão do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil (SEPDEC) com caráter universitário que atua na captação e desenvolvimento de projetos para a redução de riscos e desastres no Paraná.

 

Um deles é o projeto ‘Inventário da Produção Científica sobre Riscos e Desastres entre as instituições da Redesastre’ que  vem sendo executado pela bióloga  Gislaine Cova e pelo bacharel em Geografia, Murilo Noli da Fonseca, dois pesquisadores bolsistas do CEPED/PR. Eles realizam um levantamento das produções científicas que abordam riscos e o tema desastres em teses, dissertações, monografias de especialização e trabalhos de conclusão de curso já publicados pelas 25 instituições de ensino superior e de pesquisa que integram a Redesastre. O prazo para a finalização do projeto é agosto deste ano, mas o resultado parcial da pesquisa já está no portal do CEPED. Em breve vai estar também no portal da Rede.


A coordenação do projeto é do professor Carlos Alexandre Molena Fernandes, da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), em parceria com o CEPED/PR. “Até agora, pesquisamos o acervo de 12 universidades do Paraná, onde encontramos 1.423 obras que abordam desastres”, relata a Msc Gislaine Cova.


Murilo explica que, no início, as buscas pelas publicações são feitas on line. Caso alguma informação não esteja presente no acervo digitalizado da instituição pesquisada, os bolsistas vão até o local para realizar a busca. 

 

Até agora, das produções científicas analisadas pelos bolsistas Murilo e Gislaine, 52% abordam os desastres naturais. Entre as universidades, a UFPR, se destaca em relação ao número de trabalho, chegando perto dos 41%. A grande maioria das produções trata da Gestão de Risco (89%), em contraponto ao Gerenciamento do Desastre (10%).

 

PLATAFORMA CAPES - O projeto inventário da bióloga Fernanda Enko, também bolsista do CEPED/PR, discorre sobre o mesmo tema; a diferença é que ela busca as produções científicas que abordam riscos e desastres na Capes, plataforma do governo federal que oferece acesso aos textos completos de artigos selecionados em mais de 21.500 revistas internacionais, nacionais e estrangeiras. O banco de dados deve ser finalizado em fevereiro de 2019.

 

De acordo com a Fernanda, ela já conseguiu encontrar 584 artigos sobre o tema desastres. “A maioria dos artigos são da área Ciência da Saúde (29%), o que faz sentido já que as pessoas se preocupam em primeiro lugar com a saúde da população, e depois, com o prejuízo social”, analisa a bióloga.

 

REDESASTRE - Outro componente do projeto Inventário da Produção Científica sobre Riscos e Desastres é o desenvolvimento do portal da Redesastre, uma plataforma virtual para a divulgação de todo o conteúdo levantado pelos bolsistas. O banco de dados do portal vai entrar no ar com o nome “redesastre-net”. A bióloga Fernanda explica que se alguém quiser pesquisar vendaval, por exemplo, vai encontrar no portal tudo que já foi publicado sobre o tema no Paraná.

 

Toda a comunidade vai ter acesso ao banco de dados dessas pesquisas bibliográficas publicadas no portal. “Os coordenadores das instituições serão responsáveis pela atualização”, explica a diretora acadêmica do CEPED/PR, Danyelle Stringari.

 

PREPARAÇÃO DE DESASTRE NAS CIDADES -  O projeto que a engenheira ambiental e mestranda em Gestão Urbana' da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) Larissa Ferentz está desenvolvendo, é financiado pela Sanepar. Ela aplicou o Indicador de Preparação de Desastre nas Cidades (IPDC),  junto ao projeto “Estruturação de Indicador de preparação para desastres nas cidades”, nos municípios de Palmeira e União da Vitória. A previsão é de que seja aplicado em mais sete municípios. Ao todo, já são 16 cidades participantes.  


O projeto Ocorrência de movimentos de Massa, que a geóloga e mestranda no programa de pós-graduação em desastres naturais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e também bolsista do CEPED/PR, Fabiane Acordes, vai publicar no portal do CEPED, é financiado pela Fundação Araucária. O projeto tem o objetivo de determinar os índices pluviométricos críticos para a ocorrência de movimentos gravitacionais de massa na região de Morretes e Quedas do Iguaçu. 


Outro projeto desenvolvido no CEPED/PR é resultado de um questionário respondido por 11 brigadistas voluntários do projeto de atendimento da fauna em caso de desastres na área do Complexo Estuarino de Paranaguá (CEP), no litoral do Paraná. As perguntas e a execução do projeto são da médica veterinária e pesquisadora bolsista do CEPED/PR, Letícia Koproski, com a participação dos auxiliares técnicos bolsistas, Leonardo Duda e Camila Souza dos Santos, sob a orientação do diretor do CEPED/PR, major Eduardo Pinheiro, e da diretora acadêmica do Centro Universitário, Danyelle Stringari. Durante 22 dias, eles divulgaram o projeto nas areias da Praia Brava, no balneário de Caiobá, em Matinhos. Encerradas as atividades da Operação Verão, os voluntários responderam questões sobre a percepção da população em relação a desastres, voluntariado, resgate de fauna e proteção do litoral do Paraná.

 

PARCERIAS PARA REDUÇÃO DE RISCO DE DESASTRE - A importância de se estabelecer parcerias para produzir conhecimento na área de redução de risco de desastre (RRD) é o tema do trabalho dos bolsistas Thiago Kelly e Giovanna Altheia Cansini, sob a coordenação da profª Dra Vanisse Alves Corrêa.

  

Desde que foi criado, em 2013, o CEPED/PR tem buscado parcerias para somar esforços e fomentar a pesquisa voltada à RRD. A parceria que tem com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual do Paraná (Funespar), possibilitou o aporte de recursos financeiros para apoiar projetos de pesquisa e capacitação voltados à área da Redução de Risco de Desastre (RRB). 


Para acessar as publicações dos bolsistas basta clicar em Publicações no portal www.ceped.pr.gov.br


Por Sara Carvalho, Assessoria de Comunicação CEPED/PR

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.